Console

A XL-Desk da Solid State Logic é um console analógico com 20 módulos de canais de entrada, cada um com o seu fader dedicado, e 4 subgrupos estéreo A, B, C e D: 16 módulos mono com duas entradas cada (main INPUT e retorno de DAW) e 4 módulos estéreo. Os primeiros 8 canais possuem pré-amplificadores SSL VHD para esquentar o seu som.

Além disso o console SSL XL-Desk possui um rack 500 Series com um total de 18 Slots. O console SSL XL-DESK instalado no estúdio Playground está configurado com os seguintes módulos 500 Series: 8 módulos SSL E-Series EQ e 8 módulos de gate/expander/compressor SSL E-Series DYN, os mesmos equalizadores e processadores de dinâmica dos lendários consoles SSL 4000. No slot 17/18, está instalado o módulo Stereo Bus Compressor (este conta também com um filtro passa-alta – HPF), o qual pode ser inserido instantaneamente no Bus de mixagem A (Mix A) ao pressionar um só botão.

Os subgrupos Mix B, Mix C e Mix D também podem ser somados ao Bus principal de mixagem Mix A. Os subgrupos e canais podem acessar os módulos 500 Series através de um botão dedicado ou através de um ponto de insert via patch-bay para maior flexibilidade de processamento. Cada canal e subgrupo possui sua própria saída direta (DIRECT OUT) permitindo a gravação instantânea de STEMS enquanto estiver fazendo a tomada inicial de gravação, poupando tempo.

Fora isso cada canal mono possui sua mandada de CUE com PAN e duas mandadas para efeitos. Ao mixar, as mandadas CUE podem ser usadas como entradas adicionais que podem ser somadas ao Mix A, assim totalizando 40 canais de mixagem (16 main faders + 16 entradas Cue ST + 4 canais estéreo – podendo chegar até 50 ao ativar as funções SUM nos inserts e usar também os retornos de efeitos).

A seção de monitoração possui saídas para três pares de caixas (+ Subwoofer), Foldback A e B com talkback individual para as mixagens de fones, além do clássico circuito Listen Mic Compressor (LMC), também com sua própria saída direta, possibilitando grande flexibilidade para criar novas sonoridades.

 

*Texto produzido por Conrado Ruther, especialista em produtos SSL no Brasil.